Ressaca

16 07 2012

A vida não é só alegrias, mas tb tem destas partidas, a ressaca
No sábado fui ao Tuareg em Odivelas, depois uns copos fui para casa alcoolicamente bem disposto lol, mas o pior foi o domingo, ir para o trabalho, tonto e com enjoos lol enfim típico de ressaca, nada que muita agua e chá preto não cure, depois de muitos comentários agradeço a paciência daqueles a minha volta…

20120716-141818.jpg

Um Muito Obrigado 🙂

Anúncios




Ida ao Tuareg (parte3)

15 07 2012

Para terminar, tinha que terminar para mim o ex-libris desta casa … A famosa SANGRIA DE FRUTOS VERMELHOS(espumante)
sabor muito doce, intenso e com muito sabor a frutos vermelhos… Sabendo o segredo da casa… Sobe muito no sabor… Acreditem e aconselho a Sangria

20120715-015006.jpg

Nome da bebida : Sangria de Frutos Vermelhos
Nota : 10/10

Ps… Recomendo!!!





Ida ao Tuareg (parte2)

15 07 2012

Só podia mêsmo provar o famoso “Mojito“….
Primeira de tudo apresentação divinal… Adorei…mas depois fiquei desiludido com o sabor… Muito a lima e com muito sabor a Gas… falta de sabor a hortelã… Só para o meu do Cocktail é ke comecei a desfrutar do sabor intenso da hortelã…

20120715-014451.jpg

Nome do Cocktail : Mojito
Nota final : 6/10





Ida ao Tuareg Odivelas

14 07 2012

Para começar, um dos meus locais favoritos em Odivelas , o Tuareg… Atendimento cinco estrelas (pessoas amigas de longa data (Vera, Sara) ) e pedi uma das minhas bebidas favoritas da carta o FROZEN DAIQUIRI DE MARACUJÁ
Simplesmente divinal, com saber muito intenso a fruta (maracujá) e nem se nota o álcool …

20120714-234132.jpg
Nome do Cocktail: Frozen Daiquiri de Maracujá
Nota do Cocktail : 10/10





História do RUM

12 07 2012

A cana-de-açúcar começou a ser cultivada nas Caraíbas, em 1433, no tempo de Cristóvão Colombo.
Era transportada pelas esquadras de Colombo a partir das Ilhas Canárias.

Nos princípios do século XVI surgiu o primeiro rum destilado a partir da cana-de-açúcar.

Existem várias histórias e lendas sobre o rum que envolvem os piratas da época.

Alguns “experts” na matéria defendem que a palavra rum deriva de Rumbullion ou Rumbustion. Expressões usadas, na gíria, pelos ingleses para descrever os excessos provocados pelos bêbados.
Outros afirmam que a palavra rum tem origem latina, saccharum (açúcar).

No século XVII, o rum era já muito conhecido, sendo considerado como uma bebida medicinal que curava todas as doenças e expulsava os “demónios” do corpo.

Em 1775 o rum era a bebida mais vendida na América, o consumo anual per capita era de aproximadamente 18 litros.

George Washington, na sua campanha eleitoral, distribuía grátis rum por todos aqueles que o ouviam.

Actualmente o rum é produzido em muitos países: Índias ocidentais francesas (Martinica e Guadalupe); Índias ocidentais britânicas (Jamaica, Barbados, Guiana, Trinidad); Brasil; Venezuela; Austrália; Cuba; Puerto Rico; México; Bolívia; Rússia e Espanha.

Esta bebida alcoólica obtém-se por destilação, após a fermentação do sumo fermentado da cana-de-açúcar, xarope de cana ou melaço.

Quando se produz à base de sumo de cana, considera-se que o processo é agrícola. Sempre que são usados o xarope de açúcar e o melaço, o processo é considerado industrial.

As folhas são retiradas à cana-de-açúcar e esta é esmagada. Ao líquido obtido após a filtragem chama-se “Congeners” ou “Vesou”.

Processo agrícola
A fermentação dura de 24 a 48 horas para o rum do tipo branco e pode durar algumas semanas no caso do tipo escuro.
Este processo consiste na adição de leveduras e água ao “Congeners”.
A destilação faz-se num alambique de processo de fogo contínuo quando se trata de rum branco Dry ou Light e em Pot Still se for um rum escuro.
Dá-se o nome de “Grappe Blanche” ao líquido obtido pelo processo (Patent Still) fogo contínuo.

Processo industrial

20120712-010850.jpg
O tempo de duração da fermentação é idêntico ao do processo agrícola. Nesta fermentação adiciona-se uma substância que é formada por resíduos que são sobras do alambique. Estes resíduos são semelhantes às leveduras que se usam nos Sour-Mash Whiskeys.
No processo industrial o rum tanto é destilado em Pot Still como em Patent Still. O sistema Pot Still usa-se quando se pretende fabricar rum com melhor qualidade. Pois, este processo permite reter as qualidades aromáticas do rum e ao mesmo tempo dá-lhe uma maior maciez.

Cor/coloração

O processo de coloração usado para o chamado “Rum Negro” consiste na adição de xarope de cana-de-açúcar queimado e caramelo ao espírito já destilado.

Mistura/Blendagem

Tal como os whiskeys, o rum também pode ser misturado com outros tipos, especialmente o rum negro, que inclui rum destilado em Pot Still e em Patent Still.

Envelhecimento

No envelhecimento do rum do tipo branco Light/Dry usam-se barris novos ou sem qualquer tratamento especial. Nos do tipo negro utilizam-se barris previamente queimados, chama-se a isto sistema jamaico.
O período de envelhecimento do rum varia entre três a cinco anos no caso dos brancos e de três a quinze anos no caso dos negros. No entanto, nenhuma lei obriga a que a idade do rum seja mencionada no rótulo.

Particularidades

– Ao rum destilado adiciona-se água lisa, para obter a graduação alcoólica pretendida.
– O rum feito de melaço é conhecido por rum industrial pelo facto de a grande maioria se obter a partir do melaço.
– O melaço obtém-se da seguinte forma: a cana-de- açúcar é cortada em pedaços e esmagada por
grandes rolos que lhe retiram o sumo. Os resíduos são esmagados uma segunda vez. O sumo
obtido é aquecido até chegar ao ponto de quase fervura e depois arrefecido. Este líquido (muito escuro) é tratado, sendo-lhe adicionado lime (sumo de lima) e novamente aquecido.

Depois de frio, o cristal formado pelo açúcar separa-se, restando o melaço que se utilizará no
fabrico do rum.
– A graduação alcoólica do rum oscila entre 40º a 55º graus.
– O rum Bacardi produzia-se em Cuba até Fidel Castro subir ao poder. A partir dessa altura passou
a produzir-se em Puerto Rico, sob a designação de Ronrico.

O Bacardi produz-se em imensos países sob licença.
– Há cerca de trezentos anos os oficiais da armada britânica distribuíam diariamente uma porção de
rum pela tripulação. Desta forma suportavam-se melhor as condições de vida a bordo.

O Grog foi instituído como uma bebida quase obrigatória a bordo, por ordem do almirante
Vernon, comandante chefe da armada britânica nas Índias ocidentais britânicas, em 1740.

Tipos de Rum

Rum ligeiramente encorpado: É seco e leve em aroma. Apresenta-se incolor na versão White Label e dourado escuro na Gold Label. Este tipo de rum é mais pesado e mais doce. Produz-se principalmente na Venezuela, Cuba, México e Puerto Rico.

Rum mais encorpado: É um rum escuro. Tem um bouquet acre, corpo e aroma. É originário da Jamaica, Demerara (Guiana Britânica), Martinica, Trinidad e Barbados.

Rum altamente aromático: Butativa Arak.
Na produção deste rum juntam-se bagos de arroz vermelho ao melaço.
Produz-se na Indonésia (área de Java) e é enviado para a Holanda e Suécia onde é engarrafado e utilizado no fabrico do famoso Ponche sueco.

Rum naval ou Navy Rum: O Navy Rum faz parte dos tipos mais encorpados, produz-se na Guiana e Trinidad. É misturado (blended) na ilha de l’Ortola (Ilhas Virgens Britânicas).

Este tipo de rum é o mais usado para fazer o famoso Grog, especialmente pelos chamados “Lobos do Mar”.





Finnys

11 07 2012

Tirei ferias durante uma semana para tirar um curso de Flair bartending na Cocktail Team, onde aprendi muito com eles, ate mesmo algumas bases de fazer bons cocktails. Chego de ferias, todos me fizeram perguntas , e disseram me para fazer um, fiz algo que adoro… A combinação perfeita para quem gosta de cafe e rum…. Simplesmente genial…

Ingredientes
4cl Araku
1,5cl sumo de limão natural
2cl xarope de açúcar
Gelo

20120504-104704.jpg
Preparação
meter num shaker com gelo os ingredientes, agitar durante 15 segundos e verte para o flute. Servir de imediato…